Creio em

Arquivo

10 Mandamentos

Tecnologia do Blogger.

Baixe livros clicando aqui:

Baixe livros clicando aqui:
Clique para ver mais

Frases Bíblicas

Frases Bíblicas
Clique para ver as frases

Recomendamos

Translate, Traducir

Tire Suas dúvidas, Clique

Suas Dúvidas

Estude as Profecias

Profecias

Leia

Blogger templates

  • About

    Pesquisar este blog

    Segue No Facebook

    INFORMAÇÕES

    Pages - Menu

    2.10.2017

    As Três Mensagens Angélicas - O 3º Anjo



    Hoje vamos concluir com os posts da tag os três anjos, por isso fique atento.
    As 3 mensagens angélicas são de extrema importância e sua extensão abrange os quatro cantos do mundo, pois a mensagem é "para proclamar aos que habitam na terra, a toda nação, tribo, língua e povo".
    Já descrevemos as duas primeiras, convidando a toda alma humana a temer a Deus e dar-Lhe glória, e adorar a Deus pelo facto de Ele ser o Criador.

    Dele também é o mar, pois ele o fez; as suas mãos formaram a terra seca. Reconheçam que ele é o nosso Deus. Ele nos fez e somos dele: somos o seu povo, e rebanho do seu pastoreio 
     Clique aquiA segunda mensagem descreve a queda da grande Babilônia, um falso sistema religioso que ensina doutrinas anti-bíblicas, ela já caiu e por esse facto o anjo convida os que nela se encontram para retirarem-se dela para que não possam participar de seus pecados. CLIQUE NA IMAGEM E LEIA TODOS ARTIGOS DESTA TAG
    Hoje vamos descrever as advertências do terceiro anjo.
    Como já disse; não vou me prender a questão do cumprimento da profecia ou do tempo em que ela cumpriu-se, quero aqui ressaltar os resultados da mensagem quando bem recebida, a piedade, a obediência, o amor e submissão voluntária aos mandamentos de Deus.

    Um terceiro anjo os seguiu, dizendo em alta voz: "Se alguém adorar a besta e a sua imagem e receber a sua marca na testa ou na mão,
    10 também beberá do vinho do furor de Deus que foi derramado sem mistura no cálice da sua ira. Será ainda atormentado com enxofre ardente na presença dos santos anjos e do Cordeiro,
    11 e a fumaça do tormento de tais pessoas sobe para todo o sempre. Para todos os que adoram a besta e a sua imagem, e para quem recebe a marca do seu nome, não há descanso, dia e noite. Apocalipse 14:6-11
    Este anjo anuncia as consequências ou os juízos que resultarão em caso de adorar a besta, receber a sua marca na fronte e adorar também a sua imagem.


    CURTIRA besta apresentada aqui é a mesma vista por Daniel no Capítulo 7 do livro com o mesmo nome e na visão o profeta recebe o simbolismo de besta que é um reino e maldoso governado pelos 10 reis simbolizados pelos 10 chifres da Europa nos tempos da monarquia. O verso 20 do capítulo 7 de Daniel fala sobre a suplantação de 3 chifres dos 10 e em seu lugar 1 chifre pequeno é levantado, este falava com insolência, arrogância (Daniel 7:8,20,25) que é noutras versões bíblicas traduzida como blasfêmia contra o Deus Todo-poderoso.

    É chamado de besta pelo facto de ser um Estado religioso dessacralizado e também é chamado de Babilônia pela confusão doutrinária sobre a qual ela se assenta.


    "Enquanto eu estava refletindo nos chifres, vi um outro chifre, pequeno, que surgiu entre eles; e três dos primeiros chifres foram arrancados para dar lugar a ele. Esse chifre possuía olhos como os olhos de um homem e uma boca que falava com arrogânciaDaniel 7:8


    E também quis saber sobre os dez chifres da sua cabeça e sobre o outro chifre que surgiu para ocupar o lugar dos três chifres que caíram, o chifre que era maior do que os demais e que tinha olhos e uma boca que falava com arrogância. Daniel 7:20


    Os dez chifres são dez reis que sairão desse reino. Depois deles um outro rei se levantará, e será diferente dos primeiros reisDaniel 7:24


    Ele falará contra o Altíssimo, oprimirá os seus santos e tentará mudar os tempos e as leis. Os santos serão entregues nas mãos dele por um tempo, tempos e meio tempo’. Daniel 7:25
    O 13º capítulo de Apocalipse fala de duas bestas, das quais uma delas é a retratada em Daniel e segundo a interpretação a besta é o sistema papal que abateu 3 reinos dos dez representados pelos chifres, isto é, quando ascendeu ao domínio mundial e alguns versos da Bíblia mostram claramente quão isso é verdade.
    A igreja papal diz ser a cabeça da Igreja de Deus aqui na Terra, que tem o poder e a autoridade de perdoar pecados, para alterar a Lei de Deus e considera o Papa de Roma como infalível em matéria de fé e moral.
    Ela fala com insolência, ou seja, arrogância, e blasfêmia e coloca-se no lugar de Deus. Qualquer um que se disponibilizar a estudar a profecias bíblicas, fundamentalmente Daniel e Apocalipse poderá notar facilmente as artimanhas desse poder que se diz ser religioso.
    A Bíblia é clara e nos dá algumas características visíveis a olho nu. 4 A mulher estava vestida de azul e vermelho, e adornada de ouro, pedras preciosas e pérolas. Segurava um cálice de ouro, cheio de coisas repugnantes e da impureza da sua prostituição (Apocalipse 17:4)Muitos são os que vão após ela, muitos desafiam a Deus e corrompem-se com os seus falsos ensinos dela, muitos abandonam a Deus e adoram a besta, através da observação da lei que a besta implementou, sobretudo na questão de dias.

    E você, vai após ela? Segue seus falsos ensinos? Ouça: "Se alguém adorar a besta e a sua imagem e receber a sua marca na testa ou na mão, também beberá do vinho do furor de Deus que foi derramado sem mistura no cálice da sua ira. Será ainda atormentado com enxofre ardente na presença dos santos anjos e do Cordeiro" (Apocalipse 14:9-10).

    Hoje você tem a advertência, é perigo adorar a Besta.


    Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus. Apocalipse 12:14


    Leia também:
    O presente guia é um manual composto por diversos temas bíblicos esquematizado pelos ASD, graças a Deus conseguimos tê-lo em nosso blog copiando no site DESVENDANDO A Bíblia.
    Estude se possível cada dia uma lição sempre com a bíblia ao lado. Confira os temas abaixo:
    1. A Bíblia Sagrada
    2. A BELEZA DA CRIAÇÃO
    3. A ORIGEM DO MAL
    4. O PLANO DA SALVAÇÃO
    5. FÉ, ARREPENDIMENTO E CONFISSÃO
    6. SINAIS DA VOLTA DE CRISTO
    7. A VOLTA DE CRISTO
    8. O MILÊNIO
    9. A VERDADE SOBRE A MORTE
    10. A NOVA TERRA
    11. SALVAÇÃO PELA GRAÇA
    12. O SANTUÁRIO DE DEUS
    13. O JUÍZO
    14. AS LEIS NA BÍBLIA
    15. A LEI MORAL
    16. O MANDAMENTO ESQUECIDO
    17. DO SÁBADO PARA O DOMINGO
    18. PRINCÍPIOS DE SAÚDE
    19. COMO IDENTIFICAR A IGREJA VERDADEIRA
    20. PORQUE DEVO ME BATIZAR
    21. O DOM DE PROFECIA
    22. O DÍZIMO
    23. OFERTAR, UM ATO DE ADORAÇÃO
    24. PRINCÍPIOS DE VIDA CRISTÃ
    25. EDUCAÇÃO CRISTÃ
    26. A VIDA NO ESPÍRITO
    Apêndice 1
    Apêndice 2
    Apêndice 3
    Apêndice 4
      VISITE ESTE BLOG, CLIQUE AQUI
    ←  Anterior Proxima  → Inicio
    Postar um comentário

    Leia esta declaração

    Prezado senhor, sua carta ao astrónomo real de Greenwich foi enviada a nós aqui o diretor me solicitou que respondesse. A continuidade da semana de sete dias tem sido mantida desde os primeiros dias da religião judaica.
    O astrónomo pode se preocupar com decisões relacionadas ao tempo, à data do calendário e ao número do ano. Mas, como a semana é um ciclo civil, social e religioso, não há motivo algum para que sofra alterações com quaisquer ajustes no calendário. Todas as tentativas de modificar o ciclo de sete dias sempre despertaram a mais determinada oposição das autoridades judaicas. Temos certeza de que nenhuma alteração dessa foi colocada em prática.
    A mudança do calendário juliano para o gregoriano (1582-1927) foi realizada de modo a manter inalterada a sequencia dos dias da semana. Atenciosamente, R. H. Tucker. Oficial de Informações.”

    Siga-nos

  • Você é o leitor nº

    Outras

    Mais

    MAIS... » MAIS... » MAIS... » MAIS... »

    Arquivo do blog

    Seguidores

    Google+ Seguidores