Creio em

Arquivo

10 Mandamentos

Tecnologia do Blogger.

Baixe livros clicando aqui:

Baixe livros clicando aqui:
Clique para ver mais

Frases Bíblicas

Frases Bíblicas
Clique para ver as frases

Recomendamos

Translate, Traducir

Tire Suas dúvidas, Clique

Suas Dúvidas

Estude as Profecias

Profecias

Leia

Blogger templates

  • About

    Pesquisar este blog

    Segue No Facebook

    INFORMAÇÕES

    Pages - Menu

    23- Ofertar , Um Ato de Adoração

    No estudo anterior, aprendemos que o dízimo pertence a Deus. Ele o requer, e devolvê-lo nada mais é que dever de todos nós. Mas precisamos ir além do dever, em nosso aprendizado de altruísmo e na busca da semelhança com Aquele que Se deu voluntariamente para nossa salvação. O cristão deve ser generoso e agradecido, diante das bênçãos que recebe das mãos de Deus. Ofertar é um dos modos mais expressivos desses sentimentos. E a Bíblia nos ensina a ofertar, também como ato de adoração.
    1- Que reconhecimento a pessoa demonstra ao ofertar a Deus? Deuteronômio 16:16  ; 1 Crônicas 29:13, 14

    Reconhece  que tudo vem de ——————————-e das Suas mãos Lho—————————-.
    2-Em que nível de importância a Bíblia coloca dízimos e ofertas , como elementos de adoração?

    Malaquias 3:8
    ——————————————————————————–Dízimos  e ofertas têm sentidos diferentes, mas são complementares e estão em pé de igualdade como atos de adoração.

    3- Quais são os critérios que a Bíblia apresenta para a separação das ofertas, em nossa adoração ?

    ( Marque V ou F)

    (    ) Deuteronômio 16:17- a oferta deve ser individual e voluntária                                                        (    ) 1 Coríntios  16:2 ; 2 Coríntios 9:5- a oferta deve ser planejada                                                        (    ) 1 Coríntios 16:2- a oferta deve ser regular e sistemática                                                                 (    ) Deuteronômio 16:17; 1 Coríntios 16:2- a oferta deve ser proporcional às bênçãos recebidas.

    4- Como devem ser usadas as ofertas e como a Igreja Adventista do Sétimo Dia as distribui ? Êxodo 36:3
    ———————————————————————————————————————————–A Igreja Adventista destina as ofertas  alçadas para a construção e manutenção de templos, bem como no apoio à pregação do evangelho em regiões pobres, consideradas campos missionários.
    5_ Antes de adorar a Deus com a devolução fiel e sistamática dos dízimos e ofertas, o que devemos entregar-lhe? 2 Coríntios 8:5

    Os cristãos macedônios, em primeiro lugar—————–ao Senhor. Por isso , ofertavam com alegria e generosidade ( 2 Coríntios 8:2) ,resultando em superabundância na fé e na palavra (2 Corìntios 8: 7).

    6- Define a Bíblia o percentual de nossas ofertas a Deus ? Deuteronômio 16:17

    “Cada um oferecerá——————————–; segundo a —————“.Cada pessoa deve planejar de acordo com esse critério e estabelecer um porcentual de suas rendas como oferta. A diferença , em relação ao dízimo, é que esse percentual é definido pela pessoa.

    7- Qual deve ser a motivação para ofertarmos? 1 Coríntios 13; 1-3; jOÃO 3:16

    (     ) Enriquecer a Deus                                                                                                                         (      ) Ser reconhecido como generoso                                                                                                   (       ) Amor a Deus e a Sua causa

    Recapitulação : Ofertas são a expressão do coração agradecido e generoso. O crente pode decidir quanto a elas, obedecendo aos critérios bíblicos , segundo os quais a oferta  deve ser: a)———-,b)—————-c)———————e———————.Antes e acima da entrega material, conforme o exemplo dos macedônios, está a entrega do próprio ———–ao Senhor. Nenhuma outra motivação , a não ser o———————–,deve nos levar  a ofertar.
    Postar um comentário
    Inicio

    O Sábado Bíblico perdeu-se no tempo?

    Prezado senhor, sua carta ao astrónomo real de Greenwich foi enviada a nós aqui o diretor me solicitou que respondesse. A continuidade da semana de sete dias tem sido mantida desde os primeiros dias da religião judaica.
    O astrónomo pode se preocupar com decisões relacionadas ao tempo, à data do calendário e ao número do ano. Mas, como a semana é um ciclo civil, social e religioso, não há motivo algum para que sofra alterações com quaisquer ajustes no calendário. Todas as tentativas de modificar o ciclo de sete dias sempre despertaram a mais determinada oposição das autoridades judaicas. Temos certeza de que nenhuma alteração dessa foi colocada em prática.
    A mudança do calendário juliano para o gregoriano (1582-1927) foi realizada de modo a manter inalterada a sequencia dos dias da semana. Atenciosamente, R. H. Tucker. Oficial de Informações.”

    Destaque

    O Chifre Pequeno

    Daniel um profeta judeu exilado na Babilónia, nos tempos de Nabucodonosor, Belsazar e Dário reis da Babilónia escreveu um livro com revelaçõ...

    Siga-nos

  • Você é o leitor nº

    Outras

    Mais

    MAIS... » MAIS... » MAIS... » MAIS... »

    Arquivo do blog

    Seguidores

    Google+ Seguidores